Sobre a lógica

Que a Lógica tenha seguido desde os tempos mais remotos esse caminho seguro depreende-se do fato de não ter podido desde Aristóteles dar nenhum passo atrás, desde que não se considere melhorias a supressão de algumas sutilezas dispensáveis ou a determinação mais clara do exposto, coisas pertencentes mais à elegância do que à segurança da ciência. Digno de nota ainda que até agora tampouco tenha podido dar um passo adiante, parecendo, portanto, ao que tudo indica, completa e acabada.

IMMANUEL KANT. Crítica da razão Pura. Tradução de VALÉRIO ROHDEN e UDO BALDUR MOSSBURGER. São Paulo: Abril Cultural, 1980. (Os pensadores)

Comente

%d blogueiros gostam disto: